SOBREVOO COM DRONE
TONINHA JUBARTE SOTALIA BOTO

Projeto Drone

O projeto tem como objetivo utilizar drones para monitorar condição corporal de cetáceos. Esta ferramenta tem sido cada vez mais utilizada por pesquisadores que estudam mamíferos aquáticos por ser uma forma não invasiva de se obter dados importantes sobre as espécies. Algumas das informações que podem ser adquiridas são: composição de grupo, tamanho do animal e condição corporal, essa última pode responder questões acerca do estado de saúde dos animais.

Atualmente o projeto vem trabalhando no monitoramento da condição corporal de golfinhos residentes na Baía da Babitonga, as espécies estudas são o Boto-Cinza (Sotalia guianensis) e Toninha (Pontoporia blainvillei). Promover este tipo de monitoramento é de grande importância para conservação dessas espécies, em especial para Toninha, o golfinho mais ameaçado do Atlântico Sul.

As imagens aéreas adquiridas pelo drone são analisadas, e aplicados fatores de correção de escala que possibilitam a obtenção de medidas reais dos animais a partir de um método conhecido como fotogrametria aérea. Os resultados destas análises fornecem informações essenciais para auxiliar projetos de manejo e conservação destas espécies.